© 2015 Ports Developed by Shiphandlers

Planejamento de Portos

Desenvolvimento de portos de alta taxa de sucesso.

Um porto é uma área, abrigada das ondas e correntes, localizada à beira de um oceano, mar ou rio, destinada a atracação de navios, e com  serviços necessários ao carregamento e descarregamento de carga e  estoque temporário destas, bem como instalações para o movimento de pessoas e carga ao redor do setor portuário, e, em alguns casos, terminais especialmente designados para acomodação de passageiros.

O que é um porto?

Qual é a diferença entre porto e terminal?

Um porto é definido por seu canal de acesso, bacia de evolução e balizamento náutico. Geralmente possui diversos terminais, por exemplo o porto de Santos- SP, possui terminais de açúcar, soja, gás, óleo, químico, containers e etc.

Um terminal, é definido por um espaço dentro de um porto previamente concebido. Por exemplo, dentro do complexo portuário de Itajaí, existem diversos terminais, destinados a carregamento/ descarregamento de containers, outros terminais destinados a navios de transporte de produtos químicos, além de terminal de navios de passageiros.

O que viabiliza a construção de um porto?

Basicamente, 3 fatores:

1. Viabilidade técnica.

2. Viabilidade econômica.

3. Interesse público.

Quanto ao exposto em “1”, temos a facilidade de tornar possível o acesso do navio a área pretendida com segurança, minimizando os possíveis impactos ambientais, e principalmente, disponibilização de infraestrutura necessária para o atendimento da embarcação.

No tocante ao exposto em “2”, há de se prever, baseando-se na estratégia de posição geográfica, equivalência de coro comercial regional, custos de instalação e manutenção, em relação ao número e porte dos navios previstos, a auto sustentabilidade.

Finalmente, em “3”, destaca-se o interesse público, ou seja, se a atividade é proveitosa também para a maioria das pessoas físicas ou jurídicas previamente instaladas na região. Por exemplo, no caso de um porto de navios de passageiros, havendo na região forte atividade turística, forte interesse público.

Consiste no projeto do canal de acesso, sinalização náutica, bacia de evolução, volume a ser dragado e custos de manutenção de dragagem. Sem dúvida, deve ser possível e viável economicamente, além de claro, a  intenção das empresas de navegação efetuarem escalas nesse local.

Obviamente, como todo empreendimento, consideram-se custos de instalação e manutenção, em relação a previsão de receita arrecadada. 

No que consiste em desenvolver um porto?

A atividade fim de um porto é o recebimento de navios, portanto, quanto maior for o número de navios que esse recebe, em relação a eficiência operacional e ao menor custo com dragagem, maior sua taxa de sucesso.

Como se define a taxa de sucesso de um porto?

No que consiste a atividade de desenvolvimento de portos de alta taxa de sucesso?

Como um porto consiste na aterragem de embarcações de grande porte, seu desenvolvimento deve ser baseado em posição geográfica, canal de acesso e berço de atracação.

Para isso, dragar pouco, em essência significa reduzir custos, admitir os maiores navios em uma rota que já estariam passando, significa aumentar a receita, implicando em alta taxa de sucesso.